Como organizar uma Mudança de Casa: Passo a Passo e Dicas

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Como organizar uma Mudança de Casa: Passo a Passo e Dicas

Eduardo Prado—homify Eduardo Prado—homify
by Maria Julia Faria Arquitetura e Interior Design Modern
Loading admin actions …

Organizar a mudança de uma casa para outra está longe de ser uma tarefa fácil. É preciso, organização, paciência e, claro, ótimas dicas!

Pensando nessa confusão que envolve o que e como encaixotar primeiro, quais tipos de caixas levar e quais maneiras de evitar possíveis quebras e prejuízos com peças decorativas, hoje trouxemos um ótimo passo a passo que pode ser a sua salvação em meio a tantas dúvidas e preocupações. 

A partir de dicas práticas e um checklist completo, você entenderá bem o quanto é importante ter o domínio sobre suas atividades para que sua casa nova fique tão linda quanto a casa da qual você está se despedindo. Para oferecer as melhores soluções possíveis, levamos em consideração o que muitos arquitetos e decoradores de interiores indicam como principais dicas dessa jornada. 

Além disso, você entenderá também quais os principais cuidados que deve tomar conforme os ambientes em questão e até mesmo algumas ótimas soluções que vão ajudar a descarregar toda a sua mudança e garantir que a decoração de seu novo lar fique como você está sonhando. 

Siga conosco, confira e inspire-se!

1. Faça checklists

Sim, por mais que aplicativos, planilhas e outras soluções tecnológicas existam, ter papel e caneta na mão é muito importante para anotar tudo o que você precisa encaixotar primeiro e por quais peças começar.

Anote absolutamente tudo e separe os tipos de armazenamento por tipos de objetos. Ou seja, objetos delicados devem ser colocados juntos em um único espaço de armazenamento. Livros podem ocupar o mesmo espaço. E assim, vai. 

A importância de anotar e checar todos os itens garante que tudo fique mais claro quanto as posições das peças em sua lembrança, o que é ótimo para facilitar o deslocamento no momento da mudança. 

2. Planeje tudo com antecedência

Prevenir é melhor do que remediar. E custa muito menos. Essa verdade é inegável quando falamos sobre mudanças de casas. Anote absolutamente tudo: a data em que irá para a casa nova, o contato com a empresa de transportes que fará  a mudança -- bem como data e horário em que fará -- e os dias em que irá começar a separar o mobiliário e a decoração de cada cômodo. 

De maneira geral, começar esse planejamento com até 3 meses de antecedência pode fazer toda a diferença, quando essa mudança é feita com toda a família e grande quantidade de objetos. É claro que, quando a mudança envolve apenas poucos objetos, poucas pessoas e distância curta entre as casas, essa transição pode ser organizada em tempo reduzido, cerca de 4 semanas. 

Contudo, planeje com antecedência. Soluções necessárias em cima da hora acabam custando muito mais do que deveriam, o que pode significar um grande rombo em seu orçamento.

3. Organize as datas

  • Observe se é possível carregar tudo em apenas um dia e se os locais de origem e destino aceitam mudanças nos fins de semana. 
  • Cote orçamentos com diferentes empresas de transportes e negocie ao máximo os melhores preços. Considere essa negociação levando em conta os horários aceitos pelo novo endereço e veja se a transportadora contatada oferece descontos conforme o dia e horário da mudança.
  • Caso more só, fale com amigos e veja a possibilidade de utilizar os carros deles para levar tudo o que for possível. Isso pode garantir que a sua necessidade seja de apenas contratar um veículo menor para transporte.
  • Antes de separar os objetos, busque em lojas e supermercados por caixas de papelões que seriam dispensadas, bem como jornais e plásticos bolhas. 

4. Agilize tudo para o endereço novo

Lembre-se de que você deve levar tudo o que faz parte de sua rotina, e isso inclui não apenas móveis e eletrodomésticos, mas também correspondências. Portanto, providencie instalações e notificações para o novo endereço. Leve em consideração as faturas de água, luz, telefone, internet, gás e tudo o que for mensalmente pago.

Além disso, você precisa comunicar sobre sua mudança para bancos, empresas de cartões de créditos, faculdade ou escola, assinaturas mensais, seguradora, detran, e-commerces e outras empresas que enviem correspondências no seu endereço atual. 

5. Comece a empacotar tudo

Essa é a parte que dá mais trabalho. E é importante agir com a razão, não com a emoção. Ou seja, é o momento ideal de doar diversas coisas que estão esquecidas nos fundos de armários, estantes e cômodas. Renove suas escolhas para a sua nova casa, garanta a oportunidade de morar realmente em um novo lar. 

Quando começar, comece cômodo a cômodo. Dê preferência à sala de estar ou o quarto, locais em que, geralmente, há maior acúmulo de elementos. Depois disso, parta para os outros locais, como a cozinha, o banheiro e a área de serviço/terraço. 

Deixe de fora coisas que serão necessárias para o uso imediato, como toalhas, sabonetes, objetos de higiene pessoal, chinelos e outros. 

Anote absolutamente tudo o que estiver dentro das caixas. Isso evitará quebras durante o transporte. Nesse ponto, vale reforçar uma dica que demos anteriormente: separe os objetos por tipo, indicando com letras grandes todas as caixas que contarem com objetos frágeis. 

6. Acompanhe a mudança

Com tudo organizado e a empresa de mudança contatada, não deixe margem ao azar: acompanhe toda a mudança. Isso pode garantir que coisas importantes não fiquem para trás e ajudará a esclarecer como desmontar determinados móveis, bem como relembrar ou etiquetar caixas que estão com objetos frágeis. 

Indique o caminho para sua nova casa e discuta quais os melhores trajetos com o motorista. Leve em consideração possíveis problemas na estrada ou ruas esburacadas. Facilite ao máximo o trabalho dos profissionais para evitar dores de cabeça com a seguradora. ~

Lembre-se de que você é a principal pessoa interessada em garantir que tudo chegue inteiro ao novo destino. 

7. Arrume a casa nova

Tudo deu certo? Já está na casa nova? Ótimo. Agora você precisará reorganizar tudo nos novos cômodos. Dica: não tenha pressa. Você pode redecorar tudo conforme achar necessário. Essa é uma boa oportunidade de fazer com que cada espaço ganhe novas características e sejam mais valorizados de acordo com o que você possui. 

O ideal é começar com objetos mais brutos e deixar as peças mais frágeis por último. Isso evitará possíveis esbarrões quando estiver reorganizando os espaços. 

Aproveite ao máximo a iluminação natural do novo espaço, acomode a cama na posição que deixe você mais confortável, teste novas opções para dar uma nova cara aos espaços sociais. Leve a sério a ideia de morar em uma casa totalmente nova. A sensação de ver que a rotina mudou para melhor fará com que você se sinta mais feliz. E todo o esforço durante a mudança, certamente, valerá muito a pena. 

Modern houses by Casas inHAUS Modern


Discover home inspiration!