8 cuidados com a piscina para adotar a partir de já

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

8 cuidados com a piscina para adotar a partir de já

Patricia Smaniotto—homify Patricia Smaniotto—homify
Modern pool by PAULA MARTINS ARQUITETURA, INTERIORES E DETALHAMENTO Modern
Loading admin actions …

O verão está chegando e você tem a alegria de ter uma piscina de verdade em casa, no quintal ou no jardim. Nada melhor do que ela para reunir a família e os amigos para um dia inteirinho de sol, sombra e água fresca. Mas antes de fazer os convites para as conversas e brincadeiras, você precisa providenciar uma coisa: a limpeza da piscina. 

Na verdade, quem tem uma piscina, mesmo que pequena, tem uma série de obrigações necessárias para mantê-la limpa, saudável e segura o tempo todo. Porém, fazendo um pouquinho por dia é possível dar conta do recado. A seguir, apresentamos 8 cuidados que você deve ter com a sua piscina

1. Evite a gordura na água

Quando as pessoas se divertem ao sol, elas costumam usar protetores solares. Esses produtos, que são necessários para evitar doenças como câncer de pele, têm geralmente elementos oleosos na sua composição. 

Para evitar que esse óleo se espalhe largamente na piscina, recomenda-se uma ducha para tirar o excesso antes de entrar nela. Com isso, a água não precisará ser trocada com mais frequência, nem feitas mais limpezas do revestimento.

Mas a medida não é importante apenas por causa da limpeza ou da estética da água. Na verdade, os resíduos desses produtos dificultam o tratamento da piscina e aceleram o processo de deterioração dos equipamentos por causa da corrosão e das incrustações. 

2. Retire todas as impurezas da superfície da água

Para manter a piscina sempre bonita e pronta para o uso, é preciso que seja feita com uma certa periodicidade a coleta das folhas, insetos e outros elementos que estiverem na superfície, usando uma peneira cata-folhas. 

Lembre-se que esta ação dever se frequente para evitar o acúmulo de sujeira e, especialmente, para que essa sujeira não desça ao fundo da piscina, de onde não se poderá removê-la com a peneira sem revolver a água no fundo. Quando isso acontece, atrapalha-se a decantação da piscina e compromete-se a aspiração em uma etapa posterior da limpeza. 

É recomendável também que, se ainda não tiver sido instalada a piscina, ela seja localizada bem afastada de árvores e arbustos. Caso ela já esteja instalada, considere transplantar para o perímetro do quintal ou jardim os arbustos e árvores pequenas que estiverem muito próximas a ela.  

3. Aspire o fundo da piscina

Feita a retirada dos detritos, a etapa seguinte é aspirar o fundo da piscina,o que levará cerca de 30 minutos e que deve ser feito pelo menos uma vez por semana. 

Usando um aspirador, mova-o na água em linhas paralelas e observe a mangueira enquanto faz isso: ela pode flutuar por causa de um furo ou por não estar sugando adequadamente por causa de um filtro cheio. 

O aspirador mais recomendado é aquele com cerdas embaixo, ideais para escovar o fundo da piscina, eliminando algas ou outros resíduos resistente à sucção do aparelho. 

4. Teste e ajuste os níveis químicos da água

Uma vez por semana, os níveis químicos da água devem ser testados e ajustados. Para ajustar o pH, utilize ácido clorídrico se ele estiver acima de 7.6 ou bicarbonato de sódio se estiver abaixo de 7.2. 

Já se o cloro for inferior a 1 parte por milhão (ppm) ou se a alcalinidade for menor que 90 ppm, deve-se dissolver cloro ou acrescentar alcalinidade em um balde de água, espalhando o produto na piscina. 

O controle do pH deve ser feito duas vezes por semana e o do cloro, a cada dois dias. 

5. Limpe o filtro da bomba

O ideal é que a filtragem da água seja feita de quatro a oito horas por dia. Para esse processo sair a contento e para que o acúmulo de sujeira no filtro não danifique a bomba, a limpeza deste último tem que ser feita regularmente. 

Antes de mais nada, desligue o sistema e feche a válvula do skimmer na frente da bomba, de modo a conservar toda a água no lugar e, assim, não precisar reiniciar o sistema quando o equipamento for religado. Em seguida, solte a tampa da armadilha e retire o cesto para esvaziá-lo no lixo. 

6. Faça a retrolavagem do filtro

Os filtros para piscina usados atualmente são de três tipos. O modelo em areia costuma acumular muita sujeira, motivo pelo qual vem sendo cada vez menos utilizado nas novas piscinas. 

O modelo de terra diatomácea (DE) faz a filtragem e a lavagem, direcionando a sujeira para um saco no filtro que deve ser esvaziado a cada duas semanas. Já o modelo de cartucho utiliza peças removíveis, bastando trocar o filtro sujo por um limpo. 

Os dois últimos modelos são mais recomendados porque facilitam a limpeza, economizam água e são mais benéficos para o meio-ambiente. Outra recomendação é que a retrolavagem seja feita uma vez por semana. 

7. Utilize cobertura na piscina fora de uso

Quando a piscina estiver fora de uso, a melhor coisa a fazer é mantê-la coberta com uma lona apropriada. Uma primeira vantagem, além da proteção contra sujeira, é que a cobertura ajuda a evitar acidentes com crianças e animais domésticos. 

Outra vantagem é que ela poupa gastos, caso a piscina tenha sistemas de aquecimento de água. Nesse caso, a economia se dá pelo fato de que a água aquece mais rápido com uma cobertura, até porque ela já poderá estar morna na hora de ser aquecida. 

8. Tenha sempre estes 7 equipamentos para limpeza de piscina

A limpeza da piscina só vai ser possível se houver determinadas condições. Uma delas é que se tenha sempre à mão sete equipamentos essenciais. 

O primeiro e mais importante deles é o kit de testes de pH e cloro, que pode ser de qualquer marca (todas têm os mesmos reagentes): sem ele não se mantém a piscina saudável. 

O estojo de testes para alcalinidade vem em seguida em importância, pois mostra de forma simples e rápida a alcalinidade da piscina, orientando no aumento ou diminuição dela. 

Já o cabo telescópio auxilia em diversas tarefas da limpeza da piscina, inclusive em parceria com a peneira cata-folhas, que é mais uma ferramenta essencial. 

A escova curva, por sua vez, ajuda a evitar o aparecimento de manchas e algas no fundo, nas paredes e nos rejuntes da piscina.

O aspirador também é fundamental e deve ser escolhido conforme o tipo de piscina. Por fim, a mangueira flutuante, cujo melhor modelo é o azul, bem leve e de fácil manuseio. 

Modern houses by Casas inHAUS Modern


Discover home inspiration!