11 erros que os portugueses cometem em casas pequenas

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

11 erros que os portugueses cometem em casas pequenas

Ida Gaspar—homify Ida Gaspar—homify
Scandinavian style living room by homify Scandinavian
Loading admin actions …

Ter uma casa pequena, não deve ser sinónimo de falta de organização, de beleza ou de estilo, bem pelo contrário. De facto, é bastante comum cair nesse erro, deixando-se levar pela desmotivação, que pode pode originar a falta de espaço. Mas saiba que existem várias alternativas na decoração, que acabam por otimizar o máximo o espaço, sem por por isso torná-lo sobrecarregado ou feio. Pode aproveitar a altura da casa, projetar móveis sob medida com a ajuda de um profissional, optar por uma decoração multifuncional, favorecer a iluminação, entre muitas mais soluções que desvendamos neste livro de ideias. 

Não se foque apenas no tamanho do espaço, tire partido de todos os cantos, realçando as virtudes que realmente pode ter a sua casa. 

Aqui, descubra os erros mais comuns que os portugueses cometem na hora de decorar a sua casa pequena. Depois disto já sabe o que deve ou não fazer para ter um espaço confortável, simples, prático e atrativo. 

1. Não integrar espaços

Quando um espaço é pequeno, devemos tirar proveito de todos os metros quadrados. Não nos podemos dar ao luxo de ter uma sala de estar, só com esse ambiente. Logo há que tirar partido e tentar integrar da melhor forma outro ambiente, como a sala de jantar, a cozinha, o escritório e por vezes até o quarto (no caso de lofts ou T0). 

O truque é optar pela mobília certa, tendo sempre em conta o tamanho e a sua multifuncionalidade. 

2. Não usar a verticalidade

Outra erro bastante comum é não usar o espaço vertical da sua casa. Uma vez que os metros quadrados na horizontal são escassos, há que tirar partido da verticalidade, mobilando e decorando para cima. Ora inspire-se neste exemplo de cozinha. 

3. Não cuidar a iluminação

Atenção a este pormenor! 

A iluminação (natural e artificial) é sempre importante, mas mais ainda se falarmos em espaços pequenos. É a forma de lhes dar mais vida e mais abertura. 

Como o pode fazer?

Apostando em cores claras e favorecendo ao máximo a entrada natural da luz. Por outro lado, tenha vários pontos de luz artificial. Nunca são demais. 

4. Não organizar e aproveitar cada espaço

Minimalist bedroom by IK-architects Minimalist

Hoje em dia, existem móveis tão práticos como este que vos mostramos na imagem acima. Há camas, sofás, bancos e outros móveis que têm como baús no seu interior. Lá dentro pode arrumar e organizar imensas coisas, sem dar nas vistas ou atrapalhar o restante espaço. 

Como tal, procure os móveis ideais, mesmo que sejam um pouco caros que os outros, farão diferença no seu dia-a-dia.

5. Não separar espaços com paredes em vidro

Se quiser separar espaços como uma sala e uma cozinha, use materiais que deixam tudo bem transparente e luminoso, para não quebrar e sobrecarregar o espaço. Aqui, optaram e muito bem por uma parede em vidro, uma forma bem astuta de separar os dois espaços, mas sem por isso desuni-los. 

6. Não usar prateleiras

Não usar prateleiras numa decoração é, sem dúvida, um grande erro e mais ainda, se falarmos num espaço pequeno. Elas são de facto muito simples, leves e versáteis. Adaptam-se a todos os espaços e divisões. É uma excelente maneira de aproveitar a verticalidade, sem sobrecarregar demasiado. 

Além disso, são itens baratos e fáceis de montar, não há como não arriscar. 

7. Não decorar de forma simples e minimalista

Não se esqueça que menos é sempre mais! Mantenha uma decoração muito simples e minimalista na sua casa pequena e verá que a sua casa resplandecerá luz e elegância.

Não deve de forma alguma sobrecarregar, prejudicando a liberdade de movimento e de circulação. 

8. Não apostar em soluções versáteis

Por que ter duas televisões, quando podemos ter uma?  Por que ter duas mesas, quando podemos ter uma? E assim sucessivamente…  

Projetar e decorar uma casa não se faz do pé para a mão, requer tempo até conhecer realmente o seu espaço e descobrir este ou aquele item. Veja como aqui, projetaram a televisão, bastou colocar um suporte rotativo, de forma a mover a televisão para onde está. Não foram necessários duas televisões.

9. Não apostar em espelhos

Não apostar em espelho num espaço pequeno, é um pouco o crime da decoração! 

Não se esqueça que estes devem ser os seus maiores aliados na decoração da sua casa, porque permitem refletir a luz, tornando visualmente os espaços maiores. 

10. Não comprar móveis multifuncionais

Se hoje em dia, os móveis multifuncionais existem é da nossa obrigação usá-los e tirar partido deles. São mais caros que outros, é certo. Mas já viu como a sua casa pequena fica muito mais favorecida? Vale a pena. 

Repare como num só espaço tem duas camas e imensa arrumação. Esta solução compacta, permite aproveitar mais o espaço e são muito mais fáceis de organizar, além de ter um design bastante atual.

11. Não dividir com cortinas

Eclectic style living room by Sandra Dages Eclectic

No caso de partilhar o quarto com a sua sala de estar, divide os dois ambientes com cortinas, invés de deixá-lo à vista. Não só ganha privacidade no seu ninho, como também cria uma decoração mais apelativa. 

Agora dê um salto a este livro de ideias: 

Casa pequena com excelente distribuição.

Modern houses by Casas inHAUS Modern


Discover home inspiration!