10 erros na decoração e como não os cometer

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

10 erros na decoração e como não os cometer

Ida Gaspar—homify Ida Gaspar—homify
Rustic style living room by SA&V - SAARANHA&VASCONCELOS Rustic
Loading admin actions …

Todos cometemos erros, não só na vida, como também na decoração da nossa casa. Por vezes, nem sabemos que estamos a proceder mal e por isso, precisamos que alguém nos diga que isto está certo e aquilo nem tanto. Ora, é isso mesmo, que vamos fazer hoje. Vamos partilhar convosco 10 erros comuns, que costumamos cometer ao decorar a nossa casa. A verdade é que são detalhes simples e que podem nos passar ao lado, mas se tivermos algum cuidado, a nossa casa fica mais harmoniosa e inevitavelmente mais atraente. 

Veja quais são e tenha-os em conta a partir de agora!

1. Não verificar as medidas dos espaços, móveis e peças decorativas

Este é talvez dos erros mais comuns: ter um móvel ou outra peça maior do que deveria. É importante relacionar o objeto ao tamanho do espaço. Não queremos um sofá maior do tamanho da sala, mesmo que gostemos muito dele, pois desta forma ficar-se-ia sem espaço para mais nada, nem tampouco para circular. Devemos ser realistas e escolher uma peça ou um móvel, mediante os metros quadrados do espaço, mesmo que nos tenhamos apaixonado por aquele sofá, móvel ou cama. Haverão outros bonitos com certeza.

Por isso, antes de ir comprar qualquer tipo de móvel, deve saber as medidas dos ambientes e definir a área. Desta forma saberá exatamente o que comprar e terá um ambiente mais leve e harmonioso.

2. Não deixar espaço para a circulação

Esta ideia vem no seguimento da anterior. Além de termos cuidado com o tamanho dos móveis, devemos ter em consideração a circulação do espaço. Para tal, não devemos comprar móveis demasiado grandes, se o espaço for pequeno e não podemos sobrecarregar o ambiente com peças decorativas e móveis. 

É importante o espaço estar arejado e liberto, para não criar um sentimento de ambiente fechado e pesado, além de que é fundamental poder circular à vontade, para passar de um espaço para o outro. Atenção, que esta questão também vale para espaços grandes, há que manter coerência. 

3. O tapete que termina antes do sofá

Private apartment in Milan CityLife complex Modern living room by Studio Marco Piva Modern
Studio Marco Piva

Private apartment in Milan CityLife complex

Studio Marco Piva

Outro erro muito comum e muitas vezes por falta de medições corretas na hora de comprar, é de optar por um tapete demasiado curto para a sala de estar.

O tapete que colocar na sala de estar deve estar a mais ou menos 15 a 20 cm por baixo do sofá e continuar um pouco mais à frente da mesa de centro. Mas atenção, se tiver uma mesa de apoio, esta pode ficar para fora do tapete. 

4. Empurrar todos os móveis contra a parede

Temos todos o hábito de colar os móveis bem juntinhos à parede, não é verdade? Mas nem sempre deve ser assim, porque dá a sensação que a divisão está no limite máximo do seu espaço. Como tal pode optar pode descolar alguns móveis da parede, para criar um efeito de espaço. 

5. Cortinas muito longas ou muito curtas

Existem erros fatídicos no comprimento das cortinas. Não deve deixá-las nem muito curtas, nem muito compridas. A altura certa deve ser do chão ao teto, cria um melhor acabamento e dá um sentimento de amplitude. Não se esqueça de deixar uma margem para a bainha. 

Descubra mais dicas sobre cortinas neste livro de ideias: escolher uma cortina que combine com o espaço da sua casa.

6. Deixar muitos fios aparentes

Temos cada vez mais objetos electrónicos e candeeiros por toda a casa, e com isso acabamos por ter fios, extensões e cabos por todo o lado. Mas o que não queremos mesmo, é ter um emaranhado de fios à vista, pois isso só prejudicaria a decoração da casa, além de ser perigoso. 

O truque é tentar escondê-los ao máximo por trás dos móveis e juntá-los bem ao rodapé do chão, com uma fita-cola, por exemplo. Para ficar tudo escondido. 

7. Desorganização

Green&Yellow Tropical style bedroom by Pixers Tropical
Pixers

Green&Yellow

Pixers

Podemos ter a casa mais linda de sempre, com os móveis mais trendy do momento, mas se estiver tudo desorganizado e caótico, nada valerá. A beleza da sua casa ficará invisível. Neste sentido, deve existir uma organização rigorosa. Invista em gavetas, estantes, organizadores, caixas para tirar toda a tralha da vista. Já sabe longe da vista, longe do coração!

8. Esquecer da iluminação

iluminação faz parte da decoração, tem um papel fundamental em toda a casa. Além de favorecer ao máximo a luz natural, deve também apostar numa boa iluminação artificial. Não se limite à luz direta. As luzes de apoio e outras iluminações decorativas tornam o ambiente mais cozy e agradável. Distribua dois ou três tipos de candeeiros pelo espaço e verá que o seu espaço terá ar de revista, pois toda a luz irá refletir nas paredes e iluminar os cantos mais escuros. 

Nota: tenha também espelhos em casa, estes irão ajudá-los a refletir a luz natural do ambiente. 

9. Má escolha das cores

Não tenha medo das cores, mesmo que tenha uma tela de fundo branca ou outra clara, pode apostar em detalhes mais coloridos, para não ter uma decoração enfadonha e sem vida. Atenção também, que muita informação de cor, também pode prejudicar o ambiente, tornando-o sobrecarregado e pouco atrativo. 

Geralmente, as más escolhas de cor dentro de um espaço, são meio caminho andando para uma decoração fracassada. Avalie o tipo de espaço, o contexto, a luminosidade natural e os seus gostos. Depois pode definir uma cor, como ponto de partida e criar uma paleta cromática à volta dela. Como sabe as cores têm um papel fundamental dentro do espaço, podem evocar um sentimento positivo ou negativo. 

10. Não seguir uma linguagem

Mais uma vez falamos em coerência, algo que é muitas vezes esquecido na decoração. É importante que mantenha uma linguagem, tudo deve ser coerente. Pode optar por mais do que um estilo, mas no final tudo deve ficar harmonioso.

Não tenha muita informação dentro do espaço, já sabe que menos é mais. Não misture cores e padrões que não tenham a ver, mantenha homogeneidade. 

Modern houses by Casas inHAUS Modern


Discover home inspiration!